A Intimidade do Relacionamento Divino

Thumbnail

'O Divino não nos responde coletivamente, mas individualmente, de modo que a experiência do Divino de cada pessoa é diferente, pois todo ser humano é um raio do Divino e está, portanto, direta e intimamente relacionado com a Divindade. A união com o amante, que é a mais alta forma de prazer mundano, é experimentada por cada pessoa de forma diferente. Da mesma forma, cada pessoa terá seu próprio modo de se aproximar e relacionar-se com Deus '. Ram Ram Sivan (Srirama Ramanuja Achari)

Se você colocar mil pessoas na mesma sala e perguntar a elas, "como você experimenta Deus?" é certo que você receberá mil respostas diferentes. Cada uma terá sua própria experiência, maneira de conhecer e relacionar-se com Deus, sua própria experiência de fé, amor e confiança.

Essa diversidade no relacionamento é uma das coisas mais bonitas sobre o caminho espiritual. Mostra-nos que o amor de Deus por nós não é produzido em massa e mecânico. Em vez disso, a união entre o amante e o Amado é exclusivamente íntima de cada alma. Isso permanece verdadeiro, independentemente das pessoas terem ou não os mesmos sistemas de prática e crença.

Mesmo que a ação externa seja a mesma, o relacionamento interno pertence unicamente entre o indivíduo e Deus.

Como termos um relacionamento com Deus que não seja através de um ato de oração? O que é a oração além do seu coração e alma ansiando, buscando e se conectando novamente com a sua fonte no Divino?

Ao orarmos mais, à medida que praticamos mais sadhana, nos tornamos cada vez mais como nosso Amado. Começamos a perder nossos egos em Sua Graça e Amor. Nós começamos a brilhar com o Seu Amor. Somos desintegrados, pedaço por pedaço, até que tudo que restar seja Amor.

Para ser claro, sadhana não é sobre mudar você. É sobre se tornar você. Ele remove tudo o que não é você; elimina tudo o que não lhe serve. Quando isso é feito, o que resta é só você. Você no sentido mais puro, mais divino e amoroso da palavra.

Tenha fé em seu sadhana. Pratique-o com amor e devoção. Tire sua força daí. Saiba que, independentemente do que vem em seu caminho, será Deus guiando-o até Ele.


Blog »